sexta-feira, 1 de julho de 2011

O Que é a Febre?


   Febre é a elevação da temperatura do corpo acima dos valores normais para o indivíduo. é também um mecanismo de defesa e um sinal de alerta em nosso organismo.
   O corpo humano apresenta uma temperatura normal entre 36ºC e 37,5ºC. Ela sofre alterações ao longo do dia, estando mais próxima de 36ºC durante a madrugada e mais para 37,5ºC no final da tarde. É o ciclo circadiano da temperatura corporal.
   Os aumentos da temperatura corporal também podem ocorrer em situações que não indicam doença, como por exemplo, exercícios físicos, ambientes muito quentes ou muito frios, excesso de roupa, alterações no ciclo hormonal feminino, entre outras.
   Por que o corpo eleva sua temperatura?
   As bactérias e vírus gostam de viver em temperaturas a volta dos 36-37ºC. É o ponto onde eles são mais ativos. O aumento da temperatura corporal tem como objetivo atrapalhar as funções básicas dos invasores e também estimular a função das nossas células de defesa que passam a funcionar melhor nessas temperaturas.
   A febre é também um sinal de alerta que indica que algo de errado está acontecendo. Com a idade, perdemos progressivamente a capacidade de gerar calor, e muitos idosos apresentam infecções graves sem febre. A ausência de febre e seus sintomas fazem com que o doente demore mais tempo para procurar auxílio médico, o que favorece o desenvolvimento da sepse ( infecção geral grave do organismo por germes patogênicos ).
   Chamamos de febrícula ou estado sub-febril, os aumentos de temperatura entre 37,2ºC e 37,8ºC, que muitas vezes não apresentam significado clínico ou não representam doenças infecciosas.
   Antes de um ano de idade, a temperatura normal é maior do que a do adulto. A partir de um ano de idade, a temperatura tende a alcançar níveis semelhantes a dos adultos. A diferença já é notável após o sexto mês de idade (0,5ºC), acentua-se a partir do 2º ano, alcançando a diferença máxima após o 6º ano de idade (0,9ºC - 1,1ºC).
   Não existe febre interna. O nosso organismo é um só. A febre é o aumento da temperatura de todo o corpo, inclusive a pele. Se o termômetro não mostra febre, é porque não há febre. Não há como o corpo ter febre internamente e a pele não aquecer junto.
   Quando estamos diante do aumento da temperatura de uma parte específica do corpo, isso é chamado de inflamação localizada. Normalmente vem acompanhada de dor e vermelhidão local. Pode haver ou não febre associada. Por exemplo, uma artrite de joelho, devido a grande inflamação local, causa aumento da temperatura restrita ao joelho. Porém, se essa artrite tem origem infecciosa, pode haver também além da artrite, febre e elevação da temperatura em todo o organismo.
   Como funciona a febre:
   Dentro no nosso cérebro temos uma região chamada de hipotálamo, que é o nosso termostato. É lá que se decide se o corpo vai gerar calor ou perdê-lo, sempre visando a manutenção de uma temperatura corporal estável.
   Quando somos invadidos por micróbios como vírus e bactérias, nosso corpo ativa suas células de defesa para combater essa infecção. Durante a batalha entre os glóbulos brancos e os invasores, os primeiros produzem substâncias que levam a produção das prostaglandinas, mediadores inflamatórios que ajudam no combate às infecções.
   As prostaglandinas são as substâncias responsáveis pela presença de inflamação e dor, e quando alcançam o hipotálamo, fazem com que este aumente a temperatura corporal. O hipotálamo passa a induzir o nosso organismo a produzir calor. Em vez de 36,5ºC, o corpo agora passa a considerar sua temperatura correta em algum ponto acima dos 38ºC.
   A temperatura de 36,5ºC só é restabelecida quando há diminuição do estímulo das prostaglandinas. É por isso que os anti-inflamatórios e antitérmicos, drogas que inibem as prostaglandinas, atuam sobre a febre.
   Medindo a temperatura:
•Temperatura Axilar: normal até 37,2ºC.
•Temperatura Bucal (boca) ou Timpânica (ouvido): normal até 37,5ºC.
•Temperatura Retal (ânus): normal até 38°C.
   Principais causas da febre:
•Infecção;
•Câncer;
•Reação Alérgica;
•Doenças Auto-Imunes;
•Exposição Excessiva ao Sol;
•Lesão do Hipotálamo;
•Uso de Algumas Drogas;
•Distúrbios Hormonais;
•Exercício excessivo, especialmente em temperaturas elevadas;
•Gripe;
•Vários medicamentos, como antibióticos e anti-inflamatórios.
   Por que  devemos baixar a febre?
   A febre causa muitos sintomas desagradáveis como dores no corpo, dor de cabeça, perda de apetite, astenia etc. Se o paciente já está sendo medicado, ou se a febre é causada por algo não infeccioso, como câncer, doença auto-imune ou exposição exagerada ao sol, ela tem pouca função e sua eliminação melhora muito o bem-estar do paciente.
   Febres acima de 40ºC. podem causar delírios, e em crianças, desencadear convulsões. A febre em pessoas debilitadas, como em casos de anemia, insuficiência cardíaca ou pessoas muito idosas, pode causar descompensação de suas doenças coexistentes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário